Depoimentos

Presidente do Conselho de Educação Física

Carta a um Profissional, profº Luis HB Hogem, que como a lenda da Ave Fênix, renasceu das cinzas, melhor, mais humilde e mais poderoso!

 

- Sou Profissional de Educação Física com muito orgulho e amor. Este amor por minha profissão se renova a cada dia, quanto mais percebo a importância e a influência que a Educação Física, o Esporte em geral, têm com a melhoria da formação psicosocial dos indivíduos. Sei que pesquisas mundiais sérias comprovam que quanto mais cedo se oportuniza a prática do exercício físico devidamente orientado, mais e melhor é a resposta na formação global, holística, dos cidadãos. A influência do movimento orientado, no melhor intelecto é notória e comprovada.

Deus me oportunizou, além de obter esta maravilhosa formação profissional, ser um dos que contribuíram para a legalização e organização da mesma. Neste caminho encontrei novos amigos, renovei velhas amizades, fui incompreendido e incompreendi, reformulei, pedi desculpas, e desculpei, vivi histórias maravilhosas, minhas e dos outros. Mantenho-me grato ao Nosso Pai Celestial por me dar saúde e maturidade para aprender e crescer com tudo isso. Uma das maravilhosas histórias, que valem a pena ser divulgadas, é justamente a história de um jovem profissional de nossa amada profissão, que se perdeu nas coisas mundanas, que se deixou corromper por falsas promessas de luxos, e se viu em morte na luxúria. O caminho por ele trilhado, rumo a morte social, rumo ao abandono dos amigos e até da família, e rumo até mesmo da morte física, fim certo de quem não se permite salvar, hoje é exemplo do que não deve ser feito, pelos mais jovens. Já o caminho por ele trilhado rumo ao resgate de sua alma e de seu corpo é motivação para uma vida de respeito ao próximo, de dedicação ao resgate social de mais de uma centena de crianças e jovens. Os renascimentos de Luis Henrique Barcellos Hogem (o gaúcho), para alguns que vivenciaram o auge de sua desgraça chega a parecer inverídico, mas quem tiver a oportunidade de conversar pessoalmente com o mesmo, quem tiver a oportunidade de visitar seu lar e seu "tatame" perceberá o toque verdadeiro de Nosso Pai Celestial, perceberá o milagre vivo que ele se tornou, e sairá, como eu, convecido, de que é possível o resgate, é possível a recuperação, milagre, sim terá a comprovação da existência real de milagres operados por Nosso Pai Celestial através de Nosso Senhor Jesus Cristo, aliás, milagres que através do atual trabalho do Judô Clube Katsumoto, continua ocorrendo na figura de vários jovens já resgatados do mundo do crime, e outros tantos que aperfeiçoaram seu convívio familiar e social, melhoraram o rendimento escolar e enxergam um futuro mais digno através da prática do exercício físico. Aliás, prática orientada por um Profissional de Educação Física, que só o é por estar registrado no Sistema CONFEF/CREF. Um Profissional que hoje segue a carta de princípios éticos da Educação Física, que cumpre normas, regras e horários e que, consciente da força do exemplo que exerce sobre seus "pupilos" se dirige a todas as pessoas com respeito e humildade, mesmo tendo atingido o elevado grau de "Sensei" no Judô do Distrito Federal. 

Nosso querido "Sensei" Luis Henrique, é paciente até mesmo com os que, ainda hoje, insistem em julgá-lo e condená-lo por seu passado, aplica em sua vida os ensinamentos que profere o Judô. Que Nosso Pai Celestial possa continuar iluminando os caminhos deste Mestre, que renascido, se dedica a melhorar o convívio social de todos nós, se dedica continuamente a própria cura trabalhando preventivamente com todos. Fique em Deus e continue firme Luis Henrique, meu amigo!

 

Profº Lúcio Rogério

 

Fundador do Conselho Federal de Educação Física